Para agendar sua consulta
entre em contato:
(11) 3262-0621 / (11) 99787-4512.

Unidade I: Rua Bela Cintra, 968 (Paulista) - Unidade II: Rua Frei Caneca, 33 (Consolação) - (11) 3262-0621 - Envie Whatsapp (11) 99787-4512

Tratamentos para Síndrome de Burnout

burnout é uma desistência de quem ainda está lá. Encalacrado em uma situação de trabalho que não pode suportar, mas que também não pode desistir. O(a) trabalhador(a) arma, inconscientemente, uma retirada psicológica, um modo de abandonar o trabalho apesar de continuar no seu posto.¹

Podemos pensar que o burnout surge também como manifestação de um projeto de futuro que é inviabilizado pelas circunstâncias que o trabalho apresenta. Um projeto de “ser alguém” que não existe mais.²

A partir dessa experiência de fracasso do projeto de futuro surgem os sintomas de burnout. É um homem em sua totalidade que fracassa, na medida em que a significação de um projeto profissional advém do projeto de ser.²

Mas é preciso compreender que esse fracasso não se reduz a uma história concreta e individual, mas a um fracasso das organizações no gerenciamento das relações de trabalho e da produtividade.²

O enfrentamento da síndrome de burnout não depende de uma única dimensão a ser vencida, e sim de mudanças multifatoriais.

As estratégias para o enfrentamento da síndrome de burnout variam de acordo com o objetivo desejado, podem ser: centrados na resposta do indivíduo (individual), no contexto ocupacional (organizacional) e na interação contexto ocupacional e indivíduo (combinadas).³

As intervenções organizacionais ou intervenções combinadas são as mais adequadas para contextos com grande variabilidade de estressores.³

Individualmente há propostas de intervenções focadas na pessoa como as baseadas em habilidades comportamentais e cognitivas de coping, meditação, educação em saúde e atividade física; na relação indivíduo-organização há intervenções que compreendem as ações para melhoria da comunicação e trabalho em equipe, entre outras.³

A psicoterapia é uma aliada excepcional para lidar com os sintomas trazidos pela síndrome de burnout. Independente da abordagem o(a) psicólogo(a) pode ajudar na percepção de alternativas e potenciais interiores que favoreçam mudanças, não só interiormente como também exteriores, afetando o próprio espaço de trabalho se necessário.

A promoção do bem-estar trazida pelo tratamento psicológico pode modificar a própria relação da pessoa com o trabalho, oferecendo soluções individualizadas que se tornam exemplo e força motriz de mudanças no ambiente de trabalho- nem que seja uma mudança de função, ou mesmo do local de trabalho.

Marisa de Abreu

Psicóloga

CRP 06/29493

Agende sua consulta >> Ligue no (11) 3262-0621 ou clique aqui

1 CODO, Wanderley; VASQUES-MENEZES, Iône. O que é burnout. Educação: carinho e trabalho, v. 2, p. 237-254, 1999.

2 CASTRO, Fernando Gastal; ZANELLI, José Carlos. Cadernos de Psicologia Social do Trabalho; 10(2): 17-33, dez. 2007.

3 MORENO, FN; GIL, GP; HADDAD, MCL; VANNUCHI, MTO. Rev. enferm. UERJ, Rio de Janeiro, 2011 jan/mar; 19(1):140-5.



psi2

Escolha Aqui seu Psicólogo - Quanto Custa a Psicoterapia? - Informações Gerais
Consulta com Psicólogo - Agende Aqui

*O material deste site é informativo, não substitui a terapia ou psicoterapia oferecida por um psicólogo.
Escolha aqui seu Psicólogo
Quanto custa a psicoterapia
Informações gerais
Consulta com psicólogo
Agende
aqui

AGENDE SUA CONSULTA

(11) 3262-0621 / Envie Whatsapp (11) 99787-4512

Unidade I

Rua Bela Cintra, 968
(Av. Paulista)

Unidade II

Rua Frei Caneca, 33
Centro - SP