Para agendar sua consulta
entre em contato:
(11) 3262-0621 / (11) 99787-4512.

Unidade I: Rua Bela Cintra, 968 (Paulista) - Unidade II: Rua Frei Caneca, 33 (Consolação) - (11) 3262-0621 - Envie Whatsapp (11) 99787-4512

Formas de evitar a ejaculação precoce

Até hoje não é esclarecida a razão pela qual o ejaculador precoce não aprendeu a ter continência voluntária; o máximo que se investiga é o porque ele não consegue ter o controle ejaculatório, porque não recebeu, ou melhor, não permitiu receber o feedback sensorial necessário para controlar qualquer função reflexa.¹

Pode haver componentes físicos além de psíquicos envolvidos na ejaculação precoce. O reconhecimento desses fatores pode ajudar a evitar a ejaculação precoce.

Aprender a ter continência ejaculatória é análogo ao processo de obter controle sobre outras funções fisiológicas que envolvem descarga reflexa.¹

Por exemplo, quando uma criança está com a bexiga cheia ela a esvazia automaticamente, pois este controle só ocorrerá quando ela passar a sentir o momento em que a bexiga estiver cheia, a partir daí existe um controle voluntário sobre o órgão de descarga.¹

Do mesmo modo, o ejaculador precoce não percebe claramente as sensações premonitórias do orgasmo, ou seja, ele está privado do poder regulador das influências dos nervos superiores, como resultado, a ejaculação ocorre automaticamente.¹

Não raro, a ejaculação precoce aparece como uma disfunção secundária à incapacidade de uma excitação adequada.²

Especialistas afirmam que a disfunção erétil e a ejaculação precoce coexistem frequentemente, sendo inegável que a existência da disfunção erétil leva ao risco do desenvolvimento da ejaculação precoce. Isso pode ocorrer, pois, ao buscarem uma estimulação mais intensa, em uma tentativa de não perder a ereção durante a penetração, aceleram a resposta ejaculatória.²

A dificuldade para o envolvimento erótico com a parceira, problemas de comunicação e insatisfação com a frequência sexual trazem à tona a necessidade de se avaliar se a deterioração da comunicação, e da intimidade entre o casal pode contribuir para o agravamento da dificuldade sexual.²

Nesse caso, para se evitar a ejaculação é recomendável que o homem avalie honestamente sua vida sexual, além do seu desempenho e sensações físicas além de prestar mais atenção em seus desejos e sua intimidade com a parceira para refletir se as coisas vão bem ou se há algum problema que pode ocasionar uma disfunção sexual – com consequências em várias esferas da vida.

Uma vez que haja um problema, um(a) psicólogo(a) pode ser consultado(a) para auxiliar na resolução da questão.

Marisa de Abreu

Psicóloga

CRP 06/29493

Agende sua consulta >> Ligue no (11) 3262-0621 ou clique aqui

1 DA SILVA, André Luís; DE ORNELAS MAIA, Ana Cláudia C. A evolução da sexualidade masculina através do tratamento da ejaculação precoce sob a luz da terapia cognitivo-comportamental. Cadernos UniFOA, v. 3, n. 1 (Esp.), p. 87-96, 2017.

2 GALATI, Maria Cristina Romualdo et al. Sexualidade e qualidade de vida em homens com dificuldades sexuais. Psico-USF, v. 19, n. 2, p. 243-252, 2014.

 

psi2

Escolha Aqui seu Psicólogo - Quanto Custa a Psicoterapia? - Informações Gerais
Consulta com Psicólogo - Agende Aqui

*O material deste site é informativo, não substitui a terapia ou psicoterapia oferecida por um psicólogo.
Escolha aqui seu Psicólogo
Quanto custa a psicoterapia
Informações gerais
Consulta com psicólogo
Agende
aqui

AGENDE SUA CONSULTA

(11) 3262-0621 / Envie Whatsapp (11) 99787-4512

Unidade I

Rua Bela Cintra, 968
(Av. Paulista)

Unidade II

Rua Frei Caneca, 33
Centro - SP