Entre em contato
(11) 3262-0621 / (11) 99787-4512.
Ou preencha o formulário abaixo

Unidade I: Rua Bela Cintra, 968 (Paulista) - Unidade II: Rua Frei Caneca, 33 (Consolação) - (11) 3262-0621 - Envie Whatsapp (11) 99787-4512

Traição masculina

Já ouvi pessoas dizendo que o homem trai mais do que a mulher, mas acredito que com o decorrer do tempo a mulher venha traindo mais do que traía antigamente pois a sociedade vem mudando, em vários aspectos talvez haja maior liberdade de comportamento para mulheres. Talvez este aumento de traição da parte da mulher seja devido as mudanças culturais quanto a forma como a sociedade lida com uma mulher que traiu, mas ainda vejo o homem sendo menos punido socialmente quando sua traição é descoberta.

Acredito que um homem traia por questões, em parte, semelhantes as que fazem uma mulher trair: insatisfação com o relacionamento atual, necessidade de mais emoção, surgimento de uma nova pessoa que parece satisfazer todos seus anseios ou simplesmente seguir suas vontades, etc.

Percebo que há algumas motivações que são mais características da mulher no aspecto da traição, como por exemplo a traição por vingança. Em minha pratica percebo muito mais mulheres saindo com outras pessoas para ferir seu atual relacionamento do que homens fazendo isso. Me parece que quando o homem trai a motivação estaria mais voltada para seu próprio prazer do que para a dor alheia.

Psicologo para tratar homem que trai

Uma pessoa que tenha sido traída pode realizar terapia para receber ajuda psicológica.

Percebo que quando as mulheres perguntam porque seus parceiros a traíram há uma busca por motivos elaborados, questões que elas poderiam ajudar a solucionar e talvez cessar o ímpeto (de seu parceiro) pela traição , ou explicações que as ajudem a entende-los, talvez até perdoa-los de forma mais fácil. Caso a mulher receba um histórico de sofrimento deste homem, sofrimento este que o levou a trai-la, ela teria mais facilidade em ficar em paz consigo mesma depois de ter sido traída?

Até mesmo a divisão de culpa, em alguns casos, parece aliviar a dor da mulher que foi traída, como por exemplo no caso dela ouvir de alguém que seu namorado ou marido a traiu porque a “outra” o manipulou, se “jogou” sobre ele de forma que ficou impossível ele não sair com esta mulher. Neste caso a culpa seria percebida como sendo desta outra mulher. E assim a sobrevivência a esta dor parece ser amenizada.

A grande verdade é que a pessoa traída pode sofrer muito. Mesmo que o relacionamento já não esteja tão bom como já foi no inicio, a dor pode ser sempre muito forte. Esta dor dificilmente é imaginada pela pessoa que traiu, pois o traidor costuma acredita que não será descoberto. O traidor pode não imaginar como outra pessoa iria sofrer – como algo tão interessante para si mesmo pode causar dor tão intensa no outro?

Outra questão a ser considerar é que muitas vezes a pessoa que trai não coloca em questão sua parceira (ou parceiro) no momento no qual decidiu sair com outra pessoa. Perceba que muitas vezes não há uma decisão em trair, mas há a decisão em iniciar um relacionamento com outra pessoa, mas naquele instante nem sempre a figura de seu relacionamento principal está presente em sua mente.

Algumas abordagens podem ser opções para o atendimento tanto da pessoa que traiu como da pessoa que foi traida, como por exemplo a psicanálise - psicanalista, ou a terapia cognitiva comportamental, entre muitas outras.

Na grande maioria das traições não existem grandes explicações que ajudam a entender o porque do homem ter traído. Nem explicações que ajudem a saber se ele continuará traindo ou se foi um caso isolado.

Pode haver um trabalho psicológico e emocional a ser feito com a pessoa que foi traída. Ela poderá entender a si mesma diante desta situação. É muito comum que a pessoa traída sinta culpa, ela pode acreditar que não foi atenciosa o suficiente e isso levou o outro a procurar fora de casa o que não encontrava dentro.

Agende sua consulta >> Ligue no (11) 3262-0621 ou clique aqui

Tópicos

Quando a mulher trai

Uma esposa traindo o marido pode ser mais impactante, socialmente, do que quando ocorre a traição masculina.

Infidelidade

É possível que não só a pessoa traída peça ajuda psicológica como também o autor da traição pode sentir necessidade de se entender em toda esta dinâmica.

Como descobrir uma traição? Quais os sinais de traição? Como saber se estou sendo traído?

São questionamentos que oferecem mais informação sobre quem pergunta do que pensamos. Creio que vale mais a pena avaliarmos o porque da desconfiança, como este relacionamento está do que passarmos por investigadores.

Quando a mulher trai

Mulher que trai

Traição feminina Mulher que trai pode sofrer mais "punição" social do que o homem. Talvez possamos ver que marido traído revolta-se com maior frequência, a mulher já ouviu algumas vezes que "homem é assim mesmo" e se ele trair já estava dentro de suas expectativas. Mas isso tudo poderia ser mais comum em outras épocas, ou lugares, vejo a sociedade mudando bastante.

Traição virtual

Não considere relevante a análise do comportamento para identificarmos traição, pois ela está além do que se faz, está muito mais no campo do que se sente.

Traição no casamento

Alguns consideram que quanto maior o grau de comprometimento maior seria a dor da traição. Um homem casado trai da mesma forma que um solteiro trairia? Poderíamos pensar que o fato de não estar casado o faria se sentir mais livre até mesmo para trair, ou no namoro há maior encantamento e assim menor probabilidade de traição? Na verdade não existe regras, cada pessoa agirá conforme sua verdade interna.

psi2

Escolha aqui seu Psicólogo - Quanto custa a psicoterapia? - Informações gerais
Consulta com psicólogo - Agende aqui

*O material deste site é informativo, não substitui a terapia ou psicoterapia oferecida por um psicólogo.
Escolha aqui seu Psicólogo
Quanto custa a psicoterapia
Informações gerais
Consulta com psicólogo
Agende
aqui

AGENDE SUA CONSULTA

(11) 3262-0621 / Envie Whatsapp (11) 99787-4512

Unidade I

Rua Bela Cintra, 968
(Av. Paulista)

Unidade II

Rua Frei Caneca, 33
Centro - SP