Unidade I: Rua Bela Cintra, 968 (Av. Paulista) São Paulo / Unidade II: Rua Frei Caneca, 33 - Centro, São Paulo / Fone central: (11) 3262-0621

Tratamento para o TOC

AddThis Social Bookmark Button
Qual o melhor tratamento para TOC - Transtorno Obsessivo Compulsivo?
PSICÓLOGO :
De todas as possibilidades terapêuticas a terapia comportamental se mostrou a mais eficiente por ser muito objetiva em seu protocolo de atendimento – há exercícios e tarefas direcionadas para os comportamentos repetitivos do TOC. As duas técnicas principais são: Exposição e Prevenção de resposta. A técnica da exposição se refere aos exercícios que oferecem oportunidade a tomar contato com as situações evitadas, como por exemplo tocar objetos que considera contaminado – mas que obviamente não são contaminados.
A técnica da Prevenção de resposta se refere aos exercícios que impedem da pessoa repetir rituais desnecessários e angustiantes, como por exemplo lavar a mão 20 vezes por dia.
OUTRAS PERGUNTAS REFERENTES AO TEMA:TOC E COMPULSÕES
Porque alguém mesmo sem precisar continua comprando sapatos, que aliás nem pode pagar?
PSICÓLOGO :
Isso se chama TOC
Esse é um dos tipos de problemas que faz a pessoa sentir muita vergonha. Ele sabe que os outros não vão entender a sua compulsão em fazer algumas coisas que até ele percebe que não tem sentido, como por exemplo abrir a porta do carro três vezes antes de entrar.O TOC é dividido em Obsessões e em Compulsões.
Obsessão se refere à pensamentos invasivos, pensamentos que vem à mente até mesmo sem a pessoa querer pensar naquilo, sem gostar de ter tais pensamentos, mas ainda assim não consegue se livrar deles.
A compulsão se refere aos comportamentos. As coisas que se faz e que são absolutamente sem sentido, mas o portador de TOC se sente compelido a repetir.
Quem tem TOC perdeu a capacidade de se colocar limites. Tudo para ela parece que funciona sem um fim. Enquanto que uma pessoa normal pode deixar para pensar em um problema mais tarde, uma pessoa com TOC não é dona da sua própria mente. Ela não consegue parar de ter um comportamento mesmo que considere o comportamento inadequado e absurdo. O sofrimento é ainda maior quando a pessoa tem pensamentos obsessivos absolutamente impróprios, como pr exemplo pensamentos de conteúdo sexual, coisas que nem ela gosta de pensar, mas a bendita idéia invade a mente dela como se tivesse vontade própria. O tipo de terapia que tem mais resultado para esse tipo de transtorno é a TCC
Nessa linha nós os psicólogos damos uma séria de exercícios. Ensinamos como a pessoa pode passar assumir o controle.
Existe algum teste que eu possa responder para saber se tenho TOC?
PSICÓLOGO :   Sim, responda abaixo e depois me envie um e-mail através do formulário "Agende sua consulta" com o resultado.
Avalie a possibilidade de você ser portador de TOC - Transtorno Obsessivo Compulsivo.
....Preocupo-me demais com germes, contaminações sujeira, pó ou doenças.
....Lavo as mão a todo momento e de forma exagerada.
....Tomo vários banhos por dia ou demoro demasiadamente no banho.
....Troco as roupas demasiadamente pois sempre tenho a sensação e que elas estão sujas.
....Não toco em certos objetos, corrimão, trinco de porta, dinheiro, etc., sem lavar as mãos depois.
....Evito certos lugares, banheiros públicos, hospitais, cemitérios, por considera-los pouco limpo ou achar que posso contrais doenças.
....Não sento na cama ou sofá com roupas que usei na rua.
....Verifico portas, alarmes, janelas, gás, geladeira, fogão, etc., de forma repetida ou excessiva.
....Minha mente é invadida por pensamentos ruins, impulsos, imagens ou palavras que não desejo, ou considero impróprias e me provocam aflição.
....Tento afastá-los mas nem sempre consigo.
....Tenho sempre muitas dúvidas, repetindo várias vezes a mesma tarefa ou   para ter certeza de que não vou errar.
....Dedico tempo demasiado à preocupação com simetria das coisas.
....Os objetos devem estar alinhados, organizados ou perfeitos, e fico aflito quando estão fora do lugar ou com falhas.
....Necessito fazer coisas de forma repetida e sem sentido, tocar, contar, repetir números, palavras, frases, etc., com medo de que algo ruim aconteça.
....Sou supersticioso com certos números, cores, lugares ou datas.
....Guardo coisas inúteis, jornais velhos, caixas vazias, rótulos, embalagens, e me preocupo demais em armazenar, colecionar ou poupar.
Marcando uma ou mais destas afirmações é provável que você seja portador de TOC.
Para que o TOC fique caracterizado os sintomas devem causar desconforto ou interferir de forma significativa em sua rotina, desempenho profissional ou nas relações sociais.
Qual o nome que se dá ao tipo de pessoa que rouba por compulsão?
Aquele transtorno da Cristiane Torloni na novela.... deve ser tratado com que profissional?????
PSICÓLOGO :
Cleptomania. Cleptomaníaco. Deve ser tratado por psicólogo.
Refere-se a um comportamento que se mantém pela gratificação que a pessoa experimenta a cada roubo. Normalmente essa gratificação tem a ver com a sensação de ter levado "vantagem", ou seja, conseguiu algo sem custo (pelo menos sem custo financeiro, mas o custo emocional é bem “caro”).
O que é obsessão por limpeza? é doença? tem cura? como é o tratamento?
PSICÓLOGO :
Esta é uma doença chamada TOC, Transtorno Obsessivo Compulsivo.
Mas há cura sim, e não precisa ser um tratamento longo.
Procure um terapeuta (psicólogo) da linha da Terapia Cognitiva Comportamental, é uma linha de terapia breve, e trabalha focada no problema. São pensamentos invasivos (que se intrometem em sua cabeça independente de você querer pensar ou de gostar de ter esses pensamentos) e que te impelem a repetir comportamentos, como o comportamento de limpeza.
Na TCC o psicólogo vai te dar "lição de casa" pra que a terapia seja mais rápida.
Quantas vezes você escova os dentes?
Eu acho que tô doida rsrsr. De duas em duas horas eu to escovando os dentes, e pior : eu escovo com dois cremes dentais diferentes.
PSICÓLOGO :
Qualquer comportamento repetido além do razoável, como escovar os dentes, conferir as portas, etc, pode ser TOC. Transtorno obsessivo compulsivo.
É um transtorno de ansiedade e pode (deve) ser tratado.
Qual é o pior Vicio?
PSICÓLOGO :
O pior vicio é o que te causa mais sofrimento, prejuízo (mental, moral, financeiro, social, etc.) e alienação. Pode ser que pra uns seja a cocaína, mas outros podem ter um dano maior em sua vida por ser viciado em compras.
O que determina a intensidade da doença é a intensidade do sofrimento.
O que é Compulsão por contar?
PSICÓLOGO :
Compulsão por contar demonstra que você precisa de ordem, de saber quanto tem e onde tem... o que? só Deus e sua cabeça sabem o que.
TOC, Transtorno Obsessivo Compulsivo, é um transtorno de ansiedade, é possível que tenha tudo a ver com esse caso de abuso que você menciona.
Para vencer o TOC é necessário vencer a ansiedade subjacente, claro que o treino em prevenção e extinção de PSICÓLOGOs (técnicas da terapia comportamental) são muito úteis também, pois são técnicas que ajudam a vencer o sintoma, mesmo que muitas vezes agente ainda precise ir um pouco além, vencer o sintoma já alivia e muito.
Compulsão
Olá Marisa, admiro muito seu trabalho, meu drama é a compulsão por comidas, que me engordam, então fico triste e acabo fumando e comendo mais ainda, que fazer?
PSICÓLOGO :
Toda compulsão é vício.
Vício é tudo o que te dá grande satisfação imediata e graves conseqüências a médio e longo prazo. Por isso é que é tão difícil deixar um vicio, porque é a coisa que seu cérebro sabe que vai de deixar feliz instantaneamente, sem muito trabalho nem tempo de espera.
A primeira coisa a fazer para deixar uma compulsão é aceitar o "desconforto construtivo". Ou seja, aceitar o desconforto imediato se este desconforto significar um investimento a médio e longo prazo.
Todos nós já aceitamos o desconforto construtivo, por exemplo, para se formar você passou muito tempo na escola, pegando ônibus ou transito todo santo dia, mas valeu a pena.
Claro que não é só isso, mas é uma excelente dica para quem ainda não entrou na terapia onde identificaríamos qual é a ansiedade que está por trás dessas compulsões.
Compulsão por cigarro
Lendo sua resposta para a compulsão, me pareceu claramente que quem tem isso sente muito prazer em fazer, no meu caso fumo muito, mas desconheço o que é prazer não consigo fazer nada, sem antes ascender um cigarro como ex: lavar louça, lavar roupa, tomar banho, gostaria de saber se isso é compulsão, grata pela sua atenção
PSICÓLOGO :
Se você não sente mais prazer com o cigarro, você já está na outra fase do vício, onde o prazer nem é mais percebido, a pessoa precisa do elemento viciante para não se sentir mal.
Na primeira fase a pessoa procura o elemento para sentir prazer, alivio, satisfação, etc. Na segunda fase o elemento é necessário para que a pessoa consiga se sentir "normal".
E em pensar que ela já se sentia assim antes de colocar este elemento viciante na vida dela....
Compulsão
Sofro de compulsão e percebo que  isso é uma característica minha desde sempre. Fumo excessivamente, tem fases em que como sem parar, já tive problemas com bebida também. Isso me angustia bastante , pois percebo q de certa forma não tenho controle sobre mim. Significa q tenho q viver em constante estado de alerta, sempre evitando quaisquer situações possivelmente viciantes? Tenho transtorno bipolar, há alguma relação entre as duas coisas?
Muito obrigada pela sua atenção.
PSICÓLOGO :
Sim, o Transtorno Bipolar tem tudo a ver com a compulsão. Este transtorno deixa as pessoas muito, mas muito ansiosas, principalmente na fase de euforia e sair fazendo mil coisas sem muita percepção do exagero é típico do quadro.
Converse com seu médico, talvez ele possa ajustar a medicação. E se ainda não estiver fazendo terapia pense em fazer.

toc

PERGUNTAS FREQUENTES REFERENTES AO TOC E COMPULSÕES

 

Qual o melhor tratamento para o TOC - Transtorno Obsessivo Compulsivo?

PSICÓLOGO :De todas as possibilidades terapêuticas a terapia comportamental tem se mostrado bem eficiente por ser muito objetiva em seu protocolo de atendimento – há exercícios e tarefas direcionadas para os comportamentos repetitivos do TOC. As duas técnicas principais são: Exposição e Prevenção de resposta. A técnica da exposição se refere aos exercícios que oferecem oportunidade a tomar contato com as situações evitadas, como por exemplo tocar objetos que considera contaminado – mas que obviamente não são contaminados.A técnica da Prevenção de resposta se refere aos exercícios que impedem da pessoa repetir rituais desnecessários e angustiantes, como por exemplo lavar a mão 20 vezes por dia.

Porque alguém mesmo sem precisar continua comprando objetos, que aliás nem pode pagar?

PSICÓLOGO :Isso se chama TOC Esse é um dos tipos de problemas que faz a pessoa sentir muita vergonha. Ele sabe que os outros não vão entender a sua compulsão em fazer algumas coisas que até ele percebe que não tem sentido, como por exemplo abrir a porta do carro três vezes antes de entrar.O TOC é dividido em Obsessões e em Compulsões.Obsessão se refere à pensamentos invasivos, pensamentos que vem à mente até mesmo sem a pessoa querer pensar naquilo, sem gostar de ter tais pensamentos, mas ainda assim não consegue se livrar deles. A compulsão se refere aos comportamentos. As coisas que se faz e que são absolutamente sem sentido, mas o portador de TOC se sente compelido a repetir. Quem tem TOC perdeu a capacidade de se colocar limites. Tudo para ela parece que funciona sem um fim. Enquanto que uma pessoa normal pode deixar para pensar em um problema mais tarde, uma pessoa com TOC não é dona da sua própria mente. Ela não consegue parar de ter um comportamento mesmo que considere o comportamento inadequado e absurdo. O sofrimento é ainda maior quando a pessoa tem pensamentos obsessivos absolutamente impróprios, como pr exemplo pensamentos de conteúdo sexual, coisas que nem ela gosta de pensar, mas a bendita idéia invade a mente dela como se tivesse vontade própria. O tipo de terapia que tem mais resultado para esse tipo de transtorno é a TCC Nessa linha nós os psicólogos damos uma séria de exercícios. Ensinamos como a pessoa pode passar assumir o controle.

Critérios para saber se tenho TOC

....Preocupo-me demais com germes, contaminações sujeira, pó ou doenças. 
....Lavo as mão a todo momento e de forma exagerada. 
....Tomo vários banhos por dia ou demoro demasiadamente no banho. 
....Troco as roupas demasiadamente pois sempre tenho a sensação e que elas estão sujas. 
....Não toco em certos objetos, corrimão, trinco de porta, dinheiro, etc., sem lavar as mãos depois. 
....Evito certos lugares, banheiros públicos, hospitais, cemitérios, por considera-los pouco limpo ou achar que posso contrais doenças. 
....Não sento na cama ou sofá com roupas que usei na rua. 
....Verifico portas, alarmes, janelas, gás, geladeira, fogão, etc., de forma repetida ou excessiva. 
....Minha mente é invadida por pensamentos ruins, impulsos, imagens ou palavras que não desejo, ou considero impróprias e me provocam aflição. 
....Tento afastá-los mas nem sempre consigo. 
....Tenho sempre muitas dúvidas, repetindo várias vezes a mesma tarefa ou   para ter certeza de que não vou errar. 
....Dedico tempo demasiado à preocupação com simetria das coisas. 
....Os objetos devem estar alinhados, organizados ou perfeitos, e fico aflito quando estão fora do lugar ou com falhas. 
....Necessito fazer coisas de forma repetida e sem sentido, tocar, contar, repetir números, palavras, frases, etc., com medo de que algo ruim aconteça. 
....Sou supersticioso com certos números, cores, lugares ou datas. 
....Guardo coisas inúteis, jornais velhos, caixas vazias, rótulos, embalagens, e me preocupo demais em armazenar, colecionar ou poupar.


Marcando uma ou mais destas afirmações é provável que você seja portador de TOC. 
Para que o TOC fique caracterizado os sintomas devem causar desconforto ou interferir de forma significativa em sua rotina, desempenho profissional ou nas relações sociais.

Qual o nome que se dá ao tipo de pessoa que rouba por compulsão?Aquele transtorno da Cristiane Torloni na novela deve ser tratado com que profissional?

PSICÓLOGO : Cleptomania. Cleptomaníaco. Deve ser tratado por psicólogo. Refere-se a um comportamento que se mantém pela gratificação que a pessoa experimenta a cada roubo. Normalmente essa gratificação tem a ver com a sensação de ter levado "vantagem", ou seja, conseguiu algo sem custo (pelo menos sem custo financeiro, mas o custo emocional é bem “caro”).

O que é obsessão por limpeza? é doença? tem cura? como é o tratamento?

PSICÓLOGO : Esta é uma doença chamada TOC, Transtorno Obsessivo Compulsivo. Mas há cura sim, e não precisa ser um tratamento longo. Procure um terapeuta (psicólogo) da linha da Terapia Cognitiva Comportamental, é uma linha de terapia breve, e trabalha focada no problema. São pensamentos invasivos (que se intrometem em sua cabeça independente de você querer pensar ou de gostar de ter esses pensamentos) e que te impelem a repetir comportamentos, como o comportamento de limpeza. Na TCC o psicólogo vai te dar "lição de casa" pra que a terapia seja mais rápida.

Quantas vezes você escova os dentes? De duas em duas horas eu to escovando os dentes, e pior : eu escovo com dois cremes dentais diferentes.

PSICÓLOGO : Qualquer comportamento repetido além do razoável, como escovar os dentes, conferir as portas, etc, pode ser TOC. Transtorno obsessivo compulsivo. É um transtorno de ansiedade e pode (deve) ser tratado.  Qual é o pior Vicio?PSICÓLOGO : O pior vicio é o que te causa mais sofrimento, prejuízo (mental, moral, financeiro, social, etc.) e alienação. Pode ser que pra uns seja a cocaína, mas outros podem ter um dano maior em sua vida por ser viciado em compras. O que determina a intensidade da doença é a intensidade do sofrimento.

O que é Compulsão por contar?

PSICÓLOGO : Compulsão por contar demonstra que você precisa de ordem, de saber quanto tem e onde tem... o que? só Deus e sua cabeça sabem o que. TOC, Transtorno Obsessivo Compulsivo, é um transtorno de ansiedade, é possível que tenha tudo a ver com esse caso de abuso que você menciona. Para vencer o TOC é necessário vencer a ansiedade subjacente, claro que o treino em prevenção e extinção de respostas (técnicas da terapia comportamental) são muito úteis também, pois são técnicas que ajudam a vencer o sintoma, mesmo que muitas vezes agente ainda precise ir um pouco além, vencer o sintoma já alivia e muito.

Compulsão por comidas que me engordam, então fico triste e acabo fumando e comendo mais ainda, que fazer?

PSICÓLOGO : Toda compulsão é vício. Vício é tudo o que te dá grande satisfação imediata e graves conseqüências a médio e longo prazo. Por isso é que é tão difícil deixar um vicio, porque é a coisa que seu cérebro sabe que vai de deixar feliz instantaneamente, sem muito trabalho nem tempo de espera. A primeira coisa a fazer para deixar uma compulsão é aceitar o "desconforto construtivo". Ou seja, aceitar o desconforto imediato se este desconforto significar um investimento a médio e longo prazo. Todos nós já aceitamos o desconforto construtivo, por exemplo, para se formar você passou muito tempo na escola, pegando ônibus ou transito todo santo dia, mas valeu a pena. Claro que não é só isso, mas é uma excelente dica para quem ainda não entrou na terapia onde identificaríamos qual é a ansiedade que está por trás dessas compulsões.

Compulsão por cigarro -  fumo muito, mas desconheço o que é prazer. Não consigo fazer anda sem antes ascender um cigarro como ex: lavar louça, lavar roupa, tomar banho.

PSICÓLOGO : Se você não sente mais prazer com o cigarro, você já está na outra fase do vício, onde o prazer nem é mais percebido, a pessoa precisa do elemento viciante para não se sentir mal. Na primeira fase a pessoa procura o elemento para sentir prazer, alivio, satisfação, etc. Na segunda fase o elemento é necessário para que a pessoa consiga se sentir "normal". E em pensar que ela já se sentia assim antes de colocar este elemento viciante na vida dela....

Compulsão por tudo. Fumo excessivamente, tem fases em que como sem parar, já tive problemas com bebida também. Isso me angustia bastante , pois percebo q de certa forma não tenho controle sobre mim. Tenho transtorno bipolar, há alguma relação entre as duas coisas? Muito obrigada pela sua atenção.

PSICÓLOGO : Sim, o Transtorno Bipolar tem tudo a ver com a compulsão. Este transtorno costuma deixar as pessoas muito, mas muito ansiosas, principalmente na fase de euforia e sair fazendo mil coisas sem muita percepção do exagero é típico do quadro. Converse com seu médico, talvez ele possa ajustar a medicação. E se ainda não estiver fazendo terapia pense em fazer.

Gostará de ler também:

tratamento para o TOCTratamento para o TOC

 

 

compulsão alimentarCompulsão alimentar

agende sua comsulta Escolha aqui seu Psicologo
Quanto custa a psicoterapia e informações gerais


Consulta com psicólogo - Agende aqui


*O material deste site é informativo, não substitui a terapia ou psicoterapia oferecida por um psicólogo.

Psicólogo Responde

Agende uma Consulta

marcar_consulta

Cómo chegar

Unidade I: Rua Bela Cintra, 968, São Paulo ( Veja o mapa )

Unidade II: Rua Frei Caneca, 33, São Paulo ( Veja o mapa )

Fone central: (11) 3262-0621

Compartilhe!