I: Rua Bela Cintra, 968 (Av. Paulista) / II: Rua Frei Caneca, 33 - Centro - SP /  WhatsApp (11) 99787-4512 F: (11) 3262-0621

Atendimento psicologico

AddThis Social Bookmark Button
Como é realizado o atendimento psicológico?
Há alguns séculos, havia o “confessor”, geralmente um religioso, um padre, um rabino, que era procurado quando as pessoas passavam por dificuldades, as pessoas sabiam que podiam se abrir com eles, dividiam suas angustias, suas preocupações e em troca ouviam um conselho e voltavam para casa mais aliviadas, mais encorajadas.
A promessa de sigilo e o respeito que a pessoa recebia quando conversava com esse confessor facilitava muito para que ela se sentisse à vontade, ou seja, a pessoa se sentia aceita, mas a ajuda acabava aí - um ombro para te ouvir e uma palavra de conforto.
Apenas no século 20 apareceu a figura do psicólogo e o processo do atendimento psicológico. O psicólogo é o profissional que não só tem a vocação para lidar com as pessoas e seus problemas, como tem treinamento e técnicas para que a terapia não seja só um momento de desabafo para “lavar a alma”.
Terapia não é só o lugar para você descarregar suas angústias, mas é, principalmente o lugar para você aprender a lidar com esta angustias de forma que você consiga eliminá-las ou torna-las suportáveis. Você recebe o feedback do psicólogo e vai aprender estratégias que te ajudam a funcionar melhor.
O paciente procura um atendimento psicológico  quando está com problemas e não está conseguindo lidar com eles de forma adequada. O propósito da terapia é mudar a mente e o comportamento deste paciente, para que a vida dele seja menos problemática e mais satisfatória.
Você deve procurar no atendimento psicológico um profissional que tenha sido preparado para uma gama bem ampla de problemas, doenças, transtornos e dificuldades. Assim ele terá bagagem suficiente, tanto para fazer o diagnóstico correto quanto para aplicar os procedimentos e técnicas corretas.
O que os psicólogos esperam de seus pacientes?
Para um atendimento psicológico adequado é preciso que os pacientes sejam sinceros com eles mesmos e com o psicólogo . Se você espera superar suas dificuldades e quer aprender a lidar com elas, você deve confiar no psicólogo e não esconder elementos importantes. Saiba que atendimento psicológico é, em primeiro lugar, acolhimento.
Podemos ver a psicoterapia como um exercício de mudança mental com conseqüências no comportamento. Uma tarefa da psicoterapia é abrir os conteúdos da mente. Tornar conscientes aquelas representações mentais que estavam escondidas. O processo do atendimento psicológico se baseia em identificar suas idéias mais importantes, o que você pensa, o que você acredita, como você sente as coisas que se passam com você e ver quais são prejudiciais e precisam ser abandonadas.
O atendimento psicologico é um processo bastante profundo e inclui momentos em que a pessoa deverá enfrentar eventos do passado que deixaram marcas poderosas na personalidade. Neste ponto a experiência do terapeuta / psicólogo é muito importante. O quanto ele já atendeu de casos semelhantes vai pesar muito.
O psicólogo , durante o atendimento psicológico, precisa compreender a situação do seu paciente e precisa também saber compartilhar esse entendimento, porque não adiante ele entender tudo e guardar só para ele. E aí é que a habilidade profissional entra, porque não é uma conversa que você teria com seu amigo ou com outra pessoa. É uma conversa técnica e para isso o terapeuta tem que conhecer muito bem seu paciente. Isso envolve empatia, que é muito diferente de simpatia. Empatia é a capacidade de compreender a outra pessoa em toda sua plenitude.
O mais importante na psicoterapia é a análise das coisas que aconteceram na vida do paciente ou o que ele imaginou terem acontecido, e, principalmente, o significado que essas coisas tiveram para ele. Muitas vezes, estes significados são distorcidos, as percepções são imperfeitas e aí não resta dúvida: os sentimentos serão inadequados e os comportamentos não serão produtivos.
As interpretações do  psicólogo têm o objetivo de desfazer hábitos que muitas vezes são muito destrutivos. O terapeuta não trabalha com persuasão direta, ele não tenta colocar idéias na sua cabeça. O que ele faz é criar condições que permitem mudanças.
No atendimento psicológico analisamos o presente e também a infância, para que possamos compreender a origem dos sentimentos e comportamentos de agora. A gente não cai na armadilha de colocar a pessoa como vítima da infância, porque isso vai te fazer ser prisioneiro do passado, e quando você é prisioneiro do passado não tem como assumir a responsabilidade pela sua vida, ela não te pertence, pertence aquele passado ruim. E quem pode mudar o passado? Ninguém. Por isso é uma armadilha você não considerar o que se pode fazer agora.
Todo atendimento psicológico, para ser bem sucedido, tem de ter duas coisas: Tem que ser orientada para o futuro, ou seja, tem que trabalhar o que fazer para que amanhã você esteja melhor do que hoje, e tem que conscientizar a pessoa de que ela é responsável pelo tipo de vida que ela tem, ele deve perceber que ela tem condições de mudar as coisas, porque se ela se vir como refém dos outros, das situações, ela está amarrada e nunca vai mudar. O atendimento psicológico tem que focar no que está errado AGORA na sua vida e em como corrigir isso.
Porque as pessoas resistem ao atendimento psicológico?
Muitas vezes, as pessoas resistem em fazer psicoterapia porque se acostumam com a dor. Acham que a vida é assim mesmo. De tanto viver aquela dificuldade, acham que não têm esperança, que nada pode mudar. Mas isso não torna essa dor aceitável e nem é necessário que seja assim. E importante que você saiba que há formas bem legais de transformar sua vida. A terapia não é um remédio milagroso e imediato, mas vale à pena, porque é permanente e o ganho é seu, ninguém tira.
A sessão de psicoterapia pede reelaboração posterior, ou seja, ela demanda que os insights não morram na hora em que o paciente sai da consulta. É por isso que na minha abordagem terapêutica existe a “lição de casa”, que é uma forma de você levar a psicoterapia para sua vida, de consolidar o ganho que teve na sessão. Porque se você vem “praticando” a depressão (ou qualquer outro desconforto emocional) em algum momento precisaremos colocar em prática uma nova forma de funcionar para que ela se fixe. Não é só se conhecer melhor, é usar esse conhecimento.
Você comparece ao atendimento psicológico para trabalhar sua mudança mental. Mudando sua mente você muda as coisas que você faz, as coisas que você conquista, as coisas que você decide.
Existem 4 “R”s na psicoterapia:
Razão, na forma de análise,
Recursos, na forma de tempo e energia tanto da parte do terapeuta como do paciente, pois os dois precisam dedicar tempo e esforço,
Redescrição representacional, que é a nova forma de ver o mundo conquistada na terapia e
Ressonância, que é quando a interpretação do terapeuta faz sentido para o paciente, quando o que o terapeuta disse bateu com aquele sentimento mais profundo do paciente.
As pessoas conseguem mesmo mudar fazendo terapia? Ou a função da psicoterapia é só o autoconhecimento?
É também autoconhecimento, mas é principalmente transformação. A terapia cognitiva proporciona uma mudança realmente visível nas atitudes do atendido. Você vê a pessoa tendo atitudes melhores, mais equilibradas.
Em que casos a psicoterapia pode atuar? Para quais problemas a gente pode recorrer a psicoterapia?
A psicoterapia atua em todos os casos onde você percebe sentimentos que você não quer ter. Por exemplo, você sente angústia, tristeza ou ansiedade, você fica muito preocupado, tem excesso de raiva, sensação de fracasso, sensação de impotência, desânimo ou é agitado demais, sua cabeça não tem descanso.
A psicoterapia também te ajuda nos casos onde você tem alguma dificuldade quanto a comportamento, ou seja, você não consegue tomar decisões, não consegue adotar certas atitudes necessárias ou tem a tendência a tomar atitudes destrambelhadas, que dão resultados muitos ruins.
Os motivos para alguém se beneficiar de uma psicoterapia são muitos, ou a pessoa se sente deprimida, triste, com aquele peso no peito, um peso que muitas vezes ela nem sabe da onde vem, ela simplesmente acorda de manhã já sentindo aquilo.
É comum a pessoa não conseguir identificar o que acontece, ela só sente aquele mal-estar e não sabe de onde vem. Outras vezes, a pessoa consegue identificar o que é que está fazendo mal a ela. Às vezes é o trabalho que está muito estressante ou até o oposto: um trabalho que não exige nada, que não motiva, também pode deixar uma sensação de incapacidade bem ruim nas pessoas, porque deixa a vida sem estímulo, sem graça.
Outros motivos que levam uma pessoa à psicoterapia são as relações complicadas em casa, com o marido, a mulher, os filhos, pais, chefe, sócio. Às vezes o marido não corresponde mais às expectativas da esposa e ela pensa: “O que é que eu estou fazendo aqui”?
Muitas vezes, as pessoas procuram um psicólogo porque têm dificuldade em ter um relacionamento, em conhecer pessoas. Há muita gente sozinha por aí, sofrendo de solidão, sem ninguém prá dividir, para compartilhar.
Você não precisa disso, você pode mudar isso tudo. Terapia não é só autoconhecimento. É um aprendizado, uma lapidação em você mesmo, por meio da qual você aprende novas posturas, aprende como se sentir bem consigo mesmo.

atendimento psicologico av paulista e centro de são paulo

 

clinica de psicologia marcar consulta psicologo av paulista ou centro de são paulo

Agendar atendimento psicológico

 

Atendimento psicológico

Há alguns séculos, havia o “confessor”, geralmente um religioso, um padre, um rabino, que era procurado quando as pessoas passavam por dificuldades, as pessoas sabiam que podiam se abrir com eles, dividiam suas angustias, suas preocupações e em troca ouviam um conselho e voltavam para casa mais aliviadas, mais encorajadas. 
A promessa de sigilo e o respeito que a pessoa recebia quando conversava com esse confessor facilitava muito para que ela se sentisse à vontade, ou seja, a pessoa se sentia aceita, mas a ajuda estava aí - um ombro para te ouvir e uma palavra de conforto. 

Acredito que terapia não seja só um lugar para  descarregar angústias, mas principalmente, o lugar para onde podemos aprender a lidar com as angustias, talvez eliminá-las ou torna-las suportáveis.

O atendimento psicológico tem a finalidade de ajudar e trabalhar em todas as questões emocionais, comportamentais, relacionamento, carreira, profissão, família, casamento, timidez, ansiedades, depressão, questões psiquiátricas ou existenciais.

 

*O material deste site é informativo, não substitui a terapia  ou psicoterapia  oferecida por um psicólogo

Marisa de Abreu Alves Psicóloga - CRP 06/29493-5

 

Tópicos:

 

 

Atendimento psicológico infantil Atendimento psicológico infantil com psicólogos especializados no atendimento de crianças. Unidade I Rua Bela Cintra, 968 proximo Av Paulista e metro Consolação e Unidade II na Rua Frei Caneca, proximo ao centro e igreja da Consolação.

 

Atendimento psicológico a idosos Atendimento psicológico a idosos. Esta fase de vida pode apresentar dificuldades próprias como memória, dificuldade de locomoção, solidão, depressão, perda de amigos e famlia, etc. Faz-se necessário que o psicólogo tenha conhecimento do atendimento da terceira idade e apresente um consultorio adequado.

 

Atendimento psicológico in company Atendimento psicológico in company. Esta necessidade vem sendo percebida cada vez mais pelas empresas entendem que o bem estar dos funcionários compromete a produtividade. É possível que o atendimento seja feito com foco específico como por exemplo uso de alcool, motivação, relacionamento interpessoal, etc, ou pode-se atender as necessidades conforme forem se apresentando.

 

Locais para atendimento psicológico Locais para atendimento psicológico em São Paulo SP Unidade I Rua Bela Cintra, 968 proximo Av Paulista e metro Consolação e Unidade II na Rua Frei Caneca, proximo ao centro e igreja da Consolação. Agende sua consulta pelo formulário de contato, telefone ou whatsapp.

Atendimento psicológico Telefone 11 3262-0621 Atendimento psicológico Telefone 11 3262-0621 para agendar horário ou preencha o formulario de contato ou envie whatsapp 11 99787-4512

 

 

 

agende sua comsulta Escolha aqui seu Psicologo
Quanto custa a psicoterapia e informações gerais


Consulta com psicólogo - Agende aqui


*O material deste site é informativo, não substitui a terapia ou psicoterapia oferecida por um psicólogo.

Tratamentos

Agende uma Consulta

marcar_consulta

Cómo chegar

Unidade I: Rua Bela Cintra, 968, São Paulo ( Veja o mapa )

Unidade II: Rua Frei Caneca, 33, São Paulo ( Veja o mapa )

Fone central: (11) 3262-0621

Compartilhe!