Unidade I: Rua Bela Cintra, 968 (Av. Paulista) São Paulo / Unidade II: Rua Frei Caneca, 33 - Centro, São Paulo / Fone central: (11) 3262-0621

Psicologo comportamental

AddThis Social Bookmark Button
O Psicólogo Comportamental – também conhecido como terapeuta comportamental -  é o profissional de psicologia que orienta sua intervenção clinica na Análise do comportamento de seu paciente e aplica a Análise Experimental do Comportamento.
Possibilita ao paciente a identificação dos seus comportamentos disfuncionais, ou seja os comportamentos que causam sofrimento e trazem prejuízos à saúde, prejuízos sociais, emocionais ou comportamentais.
Com este protocolo de trabalho o psicólogo comportamental ajuda a desenvolver formas mais adaptativas e positivas de interação a partir da criação da possibilidade de novo repertório de atitudes e comportamentos ao seu paciente.
A Terapia Comportamental baseia-se nas propostas do Behaviorismo de Skinner - Os comportamentos disfuncionais que fazem as pessoas sofrerem são aprendidos, e neste sentido a terapia é a “escola” para a aprendizagem de novos comportamentos mais adaptativos.
O psicólogo comportamental desenvolve novos repertórios, ensina a identificar o que determinou o aparecimento de tais comportamentos disfuncionais e o quê os mantêm.
A Terapia Comportamental faz uso de técnicas específicas, sendo a mais importante a análise funcional , ou seja, identifica como, quando e onde tais comportamentos ocorrem e que função tem estes comportamentos para seu paciente. Que valor determinado comportamento tem para a pessoa.
A psicologia comportamental leva em conta que a pessoa tem uma historia de vida e está inserida em uma comunidade.
A psicologia comportamental se faz muito eficiente em quadros clínicos de ansiedade, Pânico, fobias, transtornos do afeto como depressão,transtorno bipolar, transtornos de personalidade, etc.
O psicólogo comportamental atende crianças, adolescentes e adultos.
A Psicologia comportamental dá estuda e trabalha as interações entre as emoções, pensamentos, comportamento e estados fisiológicos.
O comportamento tende a se repetir, se for recompensado (reforço positivo) ou se for capaz de eliminar um estímulo aversivo (reforço negativo) assim que emitir o comportamento. Por outro lado, o comportamento tenderá a não acontecer, se o organismo for castigado (punição) após sua ocorrência. Pela lei do reforço irá associar essas situações com outras semelhantes, generalizando essa aprendizagem para um contexto mais amplo.
O psicólogo comportamental descobre, juntamente com seu cliente, os eventos que determinam seus comportamentos-problema e o que os mantém. Assim, um transtorno como a depressão passa a ser entendido como um conjunto de comportamentos, como por exemplo, alterações no sono e apetite, desesperança, choro excessivo, ideação suicida e outros.
Tais comportamentos são analisados e serão identificadas tanto as situações que os determinaram como as situações atuais que os mantém.
Para o psicólogo comportamental , pensamentos, sentimentos e comportamentos são acessíveis pelo relato que o paciente faz em terapia. Pensamentos e sentimentos são analisados e passíveis das intervenções do terapeuta comportamental.
“Combate-se” os comportamentos-problema, ao mesmo tempo em que busca-se instalar e aumentar a freqüência de comportamentos adequados ao contexto, desejáveis, funcionais e geradores de satisfação e felicidade. A terapia comportamental tem um conjunto considerável de técnicas derivadas de pesquisas, em laboratório ou no próprio consultório.
É a soma de pesquisa científica, rigor no levantamento de informações no momento inicial do processo e a utilização de técnicas e intervenções consolidadas que faz com que as pessoas tenham se beneficiado, de forma considerável, quando buscam a Terapia Comportamental.
O Psicólogo Comportamental nos mostra que ao promovermos nosso autoconhecimento, é possí­vel aumentar nossa habilidade para agirmos da maneira que queremos. Podemos melhorar nossos pensamentos e sentimentos, em relação aos outros e a nós mesmos.
Mesmo que algumas causas dos nossos problemas possam estar na infância, é intervenção em seus comportamentos e sentimentos atuais que fornecerá a possibilidade de mudança que você tanto necessita.
O psicólogo comportamental não é um conselheiro como também não apenas ouve e interpreta: ele busca, junto com aquele que procura a ajuda psicoterapêutica, encontrar novas formas de agir, visando produzir mudanças reais em sua vida.
A atuação do psicólogo comportamental se faz muito eficiente em transtornos de ansiedade, depressão, stress, doenças psicossomáticas e sexuais, ou diante de problemas difíceis de especificar. O psicólogo comportamental será sempre uma importante fonte de auxílio, sempre que não nos percebemos capazes de lidar sozinhos com questões impostas pelas mais complicadas situações do dia a dia.
Já se comprovou haver relação entre a saúde física e o bem-estar psicológico, então sabemos que não faz sentido nos preocuparmos com uma única dimensão do ser humano.
O psicólogo comportamental se apóia em um campo da Psicologia denominado Análise do Comportamento - estudo do comportamento humano de maneira cientifica. Não segue crenças, dogmas ou o senso comum, a Análise do Comportamento faz pesquisas criteriosas e conta com pesquisadores academicamente conceituados em diversas Universidades ao redor do mundo inteiro.

Encontre AQUI seu psicologo comportamental

O Psicólogo Comportamental – também conhecido como terapeuta comportamental -  é o profissional de psicologia que orienta sua intervenção clinica baseado na análise do comportamento de seu paciente e aplica a Análise Experimental do Comportamento. Possibilita ao paciente a identificação dos seus comportamentos disfuncionais, ou seja os comportamentos que causam sofrimento e trazem prejuízos à saúde, prejuízos sociais, emocionais ou comportamentais.Com este protocolo de trabalho o psicólogo comportamental ajuda a desenvolver formas mais adaptativas e positivas de interação a partir da criação da possibilidade de novo repertório de atitudes e comportamentos ao seu paciente.

A Terapia Comportamental baseia-se nas propostas do Behaviorismo de Skinner - Os comportamentos disfuncionais que fazem as pessoas sofrerem são aprendidos, e neste sentido a terapia é a “escola” para a aprendizagem de novos comportamentos mais adaptativos.O psicólogo comportamental desenvolve novos repertórios, ensina a identificar o que determinou o aparecimento de tais comportamentos disfuncionais e o quê os mantêm.

A Terapia Comportamental faz uso de técnicas específicas, sendo a mais importante a análise funcional , ou seja, identifica como, quando e onde tais comportamentos ocorrem e que função tem estes comportamentos para seu paciente. Que valor determinado comportamento tem para a pessoa.

A psicologia comportamental leva em conta que a pessoa tem uma historia de vida e está inserida em uma comunidade.A psicologia comportamental se faz muito eficiente em quadros clínicos de ansiedade, Pânico, fobias, transtornos do afeto como depressão,transtorno bipolar, transtornos de personalidade, etc.

O psicólogo comportamental atende crianças, adolescentes e adultos.

A Psicologia comportamental dá estuda e trabalha as interações entre as emoções, pensamentos, comportamento e estados fisiológicos.O comportamento tende a se repetir, se for recompensado (reforço positivo) ou se for capaz de eliminar um estímulo aversivo (reforço negativo) assim que emitir o comportamento. Por outro lado, o comportamento tenderá a não acontecer, se o organismo for castigado (punição) após sua ocorrência. Pela lei do reforço irá associar essas situações com outras semelhantes, generalizando essa aprendizagem para um contexto mais amplo.

O psicólogo comportamental descobre, juntamente com seu cliente, os eventos que determinam seus comportamentos-problema e o que os mantém. Assim, um transtorno como a depressão passa a ser entendido como um conjunto de comportamentos, como por exemplo, alterações no sono e apetite, desesperança, choro excessivo, ideação suicida e outros.Tais comportamentos são analisados e serão identificadas tanto as situações que os determinaram como as situações atuais que os mantém.Para o psicólogo comportamental , pensamentos, sentimentos e comportamentos são acessíveis pelo relato que o paciente faz em terapia. Pensamentos e sentimentos são analisados e passíveis das intervenções do terapeuta comportamental. “Combate-se” os comportamentos-problema, ao mesmo tempo em que busca-se instalar e aumentar a freqüência de comportamentos adequados ao contexto, desejáveis, funcionais e geradores de satisfação e felicidade.

A terapia comportamental tem um conjunto considerável de técnicas derivadas de pesquisas, em laboratório ou no próprio consultório.É a soma de pesquisa científica, rigor no levantamento de informações no momento inicial do processo e a utilização de técnicas e intervenções consolidadas que faz com que as pessoas tenham se beneficiado, de forma considerável, quando buscam a Terapia Comportamental.O Psicólogo Comportamental nos mostra que ao promovermos nosso autoconhecimento, é possí­vel aumentar nossa habilidade para agirmos da maneira que queremos.

Podemos melhorar nossos pensamentos e sentimentos, em relação aos outros e a nós mesmos. Mesmo que algumas causas dos nossos problemas possam estar na infância, é intervenção em seus comportamentos e sentimentos atuais que fornecerá a possibilidade de mudança que você tanto necessita.O psicólogo comportamental não é um conselheiro como também não apenas ouve e interpreta: ele busca, junto com aquele que procura a ajuda psicoterapêutica, encontrar novas formas de agir, visando produzir mudanças reais em sua vida.

A atuação do psicólogo comportamental se faz muito eficiente em transtornos de ansiedade, depressão, stress, doenças psicossomáticas e sexuais, ou diante de problemas difíceis de especificar. O psicólogo comportamental será sempre uma importante fonte de auxílio, sempre que não nos percebemos capazes de lidar sozinhos com questões impostas pelas mais complicadas situações do dia a dia. Já se comprovou haver relação entre a saúde física e o bem-estar psicológico, então sabemos que não faz sentido nos preocuparmos com uma única dimensão do ser humano.

O psicólogo comportamental se apóia em um campo da Psicologia denominado Análise do Comportamento - estudo do comportamento humano de maneira cientifica. Não segue crenças, dogmas ou o senso comum, a Análise do Comportamento faz pesquisas criteriosas e conta com pesquisadores academicamente conceituados em diversas Universidades ao redor do mundo inteiro.

agende sua comsulta Escolha aqui seu Psicologo
Quanto custa a psicoterapia e informações gerais


Consulta com psicólogo - Agende aqui


*O material deste site é informativo, não substitui a terapia ou psicoterapia oferecida por um psicólogo.

Dicas e Tratamentos

Agende uma Consulta

marcar_consulta

Cómo chegar

Unidade I: Rua Bela Cintra, 968, São Paulo ( Veja o mapa )

Unidade II: Rua Frei Caneca, 33, São Paulo ( Veja o mapa )

Fone central: (11) 3262-0621

Compartilhe!