Unidade I: Rua Bela Cintra, 968 (Av. Paulista) São Paulo / Unidade II: Rua Frei Caneca, 33 - Centro, São Paulo / Fone central: (11) 3262-0621

Lidando com a traição

AddThis Social Bookmark Button
Traição - Como lidar com isso
Traição é como um vaso que se quebrou. Pode ser colado novamente, mas sempre haverá marcas. A traição pode levar uma pessoa à depressão instantaneamente.
Não imaginamos que seremos traídos. Somos otimistas, ainda bem, pois se fossemos mais pessimistas, ou até mesmo realistas como alguns defendem, não entraríamos em nenhum relacionamento. As estatísticas estão aí para nos assustar: 70% dos homens e 40% das mulheres traem. Se eu dissesse para você que há 70% de chance de um determinado edifício cair tenho certeza que jamais você passaria perto de tal edifício. Mas continuamos, aliás, desejamos ter relacionamentos. Sofremos quando estamos sós. E este deve ser o motivo, por mais que doa ser traído sempre há uma chance de não acontecer, também há a chance de talvez não doer tanto, ou até mesmo de nunca sabermos que aconteceu. Mas quando acontece...
Porque dói tanto ser traído
A dor vem de vários sentimentos. A decepção com a outra pessoa, pois passamos a perceber que não a conhecíamos tão bem como pensávamos. A raiva de nós mesmos, pois pensamos que de alguma forma somos responsáveis. Pensamentos sobre nunca mais encontrar alguém que possa ser fiel aparecem com a traição e tornam a vida um tormento. Perdemos a esperança de sermos felizes novamente.
A pessoa traída se compara com o outra pessoa que foi objeto de traição, e se não sabe quem é pior ainda, pois sua imaginação o faz sentir muito inferior, feio, sem graça, menos inteligente que qualquer outra pessoa no mundo.
De quem é a culpa da traição?
De quem traiu. Sempre. Não concordo com os defensores de que se um traiu é porque o outro era exigente, carente ou sei lá que defeito tenha. A traição e uma quebra de contrato. Foi combinado que isso não aconteceria, neste contrato nunca existe a clausula “caso um se torne chato demais o outro terá o direito de traí-lo”. Dizer que foi obrigado a trair, que não teve saída... balela! Traiu porque optou ou porque não soube segurar seus impulsos.
Porque as pessoas traem?
Não existe uma causa única. Cada pessoa tem motivação diferente. Uns traem porque sentem que não deveriam se limitar a poucas experiências. Outros simplesmente consideram que tem esse direito, normalmente os homens são criados assim, já ouvi pessoas acreditando eu a traição faz parte da natureza masculina. O que nem está muito errado, se considerarmos que ainda somos primitivos. Explico melhor no item abaixo Porque o homem trai mais do que a mulher. De certa forma a biologia e a evolução nos programou para que os homens traiam mais. Observe que os homens produzem espermatozóides novos e saudáveis por um tempo bem grande de suas vidas, é como se a própria natureza dissesse assim “procrie o máximo que puder”. Já as mulheres nascem com um numero limitado de óvulos, estes óvulos envelhecem e ficam doentes junto com ela pois não se renovam, é como se a natureza dissesse “você tem um material muito raro e valioso, portanto escolha bem com quem você vai dividir”. E assim temos as mulheres mais seletivas, com necessidade de formar família estável e homens
Porque o homem trai mais do que   a mulher
De certa forma a biologia e a evolução nos programou para que os homens traiam mais. Observe que os homens produzem espermatozóides novos e saudáveis por um tempo bem grande de suas vidas, é como se a própria natureza dissesse assim “procrie o máximo que puder”. Já as mulheres nascem com um numero limitado de óvulos, estes óvulos envelhecem e ficam doentes junto com ela pois não se renovam, é como se a natureza dissesse “você tem um material muito raro e valioso, portanto escolha bem com quem você vai dividir”. E assim temos as mulheres mais seletivas, com necessidade de formar família estável e homens com necessidade apenas de espalhar suas sementes o máximo possível, e ainda por cima com o lema “caiu na rede é peixe”.
Claro que esta explicação são tira o peso de cima dos traidores, esta teoria explica mas não justifica, principalmente porque não somos primitivos, não somos animais nem homens das cavernas.
Como saber se estamos sendo traído
Seria ótimo pudéssemos ter 100% de certeza, mas a única coisa que você pode fazer é identificar indícios. As informações são obtidas através da identificação de mentiras. O traidor é também um mentiroso, pois se não houvesse ocultação da verdade envolvida não existiria traição, você só é considerado traído se não souber que o outro fez.
Caso tenha algum indicio de traição tente tocar no assunto, mencione a traição de outras pessoas, caso seu parceiro (a) demonstre muito desconforto é possível que a causa seja a própria traição. Veja se ele (a) o olha nos olhos quando fala no assunto, quando conta onde esteve, o que fez, etc. Se ele mudar muito rápido de assunto, se demonstrar alteração emocional além do costume quando se fala neste assunto, se ficar bravo ou irônico, é possível que esteja traindo.
Claro que nada disso dará resultado caso você esteja se relacionando com alguém com algum grau de sociopatia , pois ele mentirá sem o menos constrangimento.
A importância da cama na traição
Ser traído significa que algo seu foi roubado, o carinho de alguém, o amor, a exclusividade. Temos sentimento pelos objetos, guardamos as pétalas da primeira flor que ganhamos, e cada presente nos faz lembrar da pessoa. Sendo assim não há nada mais simbólico do que a cama. Ser traído na própria cama onde a outra pessoa te fez sentir especial é como uma traição dupla.
É possível evitar a traição?
Gostaria de dizer que sim, mas infelizmente a reposta é não. Não temos controle sobre o comportamento da outra pessoa. Podemos tentar conhecer o outro ao máximo que pudermos, mas nunca será 100%, pois nem a outra pessoa se conhece tanto assim como também haverá mudanças de valores e objetivos no decorrer do tempo.
E quando foi você que traiu...
Por incrível que pareça o traidor também sofre, algumas vezes sofre mais do que a pessoa que foi traída. O traidor percebe que fez besteira depois da besteira feita. Claro que sempre soube que não deveria fazer, mas principalmente quando faz a coisa de modo impulsivo só para e pensa no que fez depois de ter feito.
O traído tem um trunfo na manga: ele pode acusar, gritar e de alguma forma extravasar a raiva e a dor. O traidor só pode pedir perdão e esperar ser atendido.
Claro que vale a pena usar de toda sinceridade e colocar na mesa todo seu sentimento. A maioria das vezes a pessoa trai por sentimentos bem fúteis, e se for este seu caso torça para que a outra parte entenda. Ofereça garantias de confiança, mas não permita que extrapole, por exemplo, você pode deixar claro que sempre responderá as ligações, mas não permita que o outro o ridiculariza diante dos demais.
Ainda há os que estão na fase de trair, mas ainda não foi descoberto, e com isso se sente tranqüilo com a situação pois acha que levará eternamente assim. Pode até ser que você esteja certo, mas brincar com os sentimentos da outra pessoa não é muito honroso. Viver no risco de algum causar uma dor enorme na pessoa que você ama, ou um dia amou, também não é muito humano de sua parte.
Como reagir à traição
Nunca peça detalhes. Não entre nessa de saber detalhes sórdidos, você sairá mais machucado (a) do que deveria.
Combine garantias de confiança. Você tem o direito de saber o que o outro realmente quer. Se ele quiser continuar com traições você tem o direito de escolher cair fora. Não exagere nestas garantias, pois não tem o direito de humilhar, por mais tenha sido humilhado não devemos devolver na mesma moeda, não fará bem a você mesmo.
Não pense em continuar com a pessoa só para fazer o mesmo com ela. A vingança é o sentimento mais amargo que existe, mesmo que muitas vezes venha travestido de doce.
Há perdão para traição?
Entenda o porquê da traição, foi por motivos fúteis, apenas um prazer momentâneo ou ele (a) está apaixonado por outro? Se o caso for paixão, esqueça, tire seu time de campo, trabalhe a aceitação e construa uma nova vida. Se for um caso passageiro você tem o direito de decidir. Se você perceber que poderá reconstruir a relação vá em frente, mas se perceber que esse é só uma das traições que virão, caia fora.
Posso aceitar a traição e também trair?
Se este for o combinado, fazer o que? Se o jogo for aberto e vocês decidirem que não se incomodam o nome não será mais traição, será apenas relacionamentos que acontecem com a anuência do outro.
O que não dá certo de forma alguma é fechar os olhos, não reagir, sair traindo às escondidas e achar que se sentirá bem com isso, pois estão “no mesmo barco”. Acredite em mim, com o tempo a verdade aparece e não vale a pena alimentar a força das tempestades da descoberta da traição.
O que a psicoterapia pode fazer em caso de traição
Quando um psicólogo recebe a pessoa que sofreu a traição trabalha em primeiro lugar o fortalecimento de sua identidade como pessoa. Identifica a possibilidade desta pessoa se sentir culpada e a levamos a superação desta auto- culpa .
O psicoterapeuta trabalha no sentido de ajudar a pessoa a identificar quais são seus valores mais profundos, o que ela acredita e por quais pontos quer e precisa fortalecer em sua vida.
Jamais o psicólogo induz a qualquer decisão. Se esta pessoa romperá ou manterá este relacionamento dependerá exclusivamente de seu paciente. Não há verdades únicas e cada um tem seu estilo e características de vida.
Caso o paciente decida romper o relacionamento o psicoterapeuta ajudará em sua reconstrução no sentido de abrir novas possibilidades de atividades e até de novos relacionamentos quando for o momento certo.
Caso o paciente decida manter o relacionamento o psicólogo ajudará a renovar a comunicação entre eles de forma a reconstruir a confiança.
Outros textos sobre relacionamentos

Pode ser muito dolorido, sofrido emocionalmente. Para superar uma traição pode ser importante saber  quem somos, quais nossas prioridades, quais nossos valores, do que podemos abrir mão, etc

Traição é como um vaso que se quebrou?

Pode ser colado novamente? haverá marcas? São avaliações válidas.
Normalmente não imaginamos que seremos traídos. Creio que normalmente somos otimistas, ainda bem, pois se fossemos tão pessimistas, ou até mesmo realistas como alguns defendem, não entraríamos em relacionamentos por medo dos problemas que podem surgir.  Mas continuamos, aliás, desejamos ter relacionamentos. Alguns sofrem quando estão sós. E este deve ser o motivo: a solidão também pode assustar, e por mais que doa ser traído sempre há chance de não acontecer, também há a chance de talvez não doer tanto, ou até mesmo de nunca sabermos que aconteceu. Mas quando acontece...

Porque dói tanto ser traído

A dor vem de vários caminhos: A decepção, pois podemos perceber que não a conhecíamos tão bem como pensávamos. A raiva de nós mesmos, pois podemos pensar que de alguma forma somos responsáveis. Pode haver pensamentos sobre nunca mais encontrar alguém que possa ser fiel aparecem com a traição e tornam a vida um tormento. Podemos perdemos a esperança de sermos felizes novamente.
A pessoa traída pode ser comparar com o outra pessoa que foi objeto de traição, e se não sabe quem é pode ser pior pois sua imaginação pode faze-la sentir-se inferior, feio, sem graça, menos inteligente, etc..

De quem é a culpa da traição?

De quem traiu ou de quem foi traído? será que há culpa?  Na verdade cada situação tem sua dinâmica e elementos próprios.

Porque as pessoas traem?

Não existe uma causa única. Cada pessoa tem motivação diferente. Uns traem porque sentem que não deveriam se limitar a poucas experiências. Outros simplesmente consideram que tem esse direito, normalmente os homens são criados assim, já ouvi pessoas acreditando eu a traição faz parte da natureza masculina. O que nem está muito errado, se considerarmos que ainda somos primitivos. Explico melhor no item abaixo Porque o homem trai mais do que a mulher. De certa forma a biologia e a evolução nos programou para que os homens traiam mais. Observe que os homens produzem espermatozóides novos e saudáveis por um tempo bem grande de suas vidas, é como se a própria natureza dissesse assim “procrie o máximo que puder”. Já as mulheres nascem com um numero limitado de óvulos, estes óvulos envelhecem e ficam doentes junto com ela pois não se renovam, é como se a natureza dissesse “você tem um material muito raro e valioso, portanto escolha bem com quem você vai dividir”. E assim temos as mulheres mais seletivas, com necessidade de formar família estável e homens

O homem trai mais do que a mulher?

De certa forma a biologia e a evolução pode ter nos programado para que os homens traiam mais. Observe que os homens produzem espermatozóides novos e saudáveis por um tempo bem grande de suas vidas, é como se a própria natureza dissesse assim “procrie o máximo que puder”. Já as mulheres nascem com um numero limitado de óvulos, estes óvulos envelhecem e ficam doentes junto com ela pois não se renovam, é como se a natureza dissesse “você tem um material muito raro e valioso, portanto escolha bem com quem você vai dividir”. E assim temos as mulheres mais seletivas, com necessidade de formar família estável e homens com necessidade apenas de espalhar suas sementes o máximo possível, e ainda por cima com o lema “caiu na rede é peixe”.
Claro que esta explicação são tira o peso de cima dos traidores, esta teoria explica mas não justifica, principalmente porque não somos primitivos, não somos animais nem homens das cavernas.

Como saber se estamos sendo traído

Seria ótimo pudéssemos ter 100% de certeza, mas algo que você pode fazer é avaliar o relacionamento.
Caso você perceba algum indicio de traição pense se poderia tocar no assunto, avalie se deseja investigar este assunto e como seria o melhor.

É possível evitar a traição?

Não temos controle sobre o comportamento da outra pessoa. Podemos tentar conhecer o outro ao máximo que pudermos.

E quando foi você quem traiu...

O traidor também pode sofrer, algumas vezes sofre mais do que a pessoa que foi traída. O traidor pode avaliar como um ato improdutivo e pode se reavaliar mediante o ocorrido.

 

*O material deste site é informativo, não substitui a terapia  ou psicoterapia  oferecida por um psicólogo
Marisa de Abreu Alves Psicóloga - CRP 06/29493-5

Entrevista cedida  para MBPress

Traição via internet

Porque ultimamente as pessoas estão procurando a internet para trair o companheiro?

A internet oferece a possibilidade de passos bem pequenos, muito mais fáceis de serem trilhados. Antes da internet teria que dar passos muito grandes, talvez frequentar lugares novos, conhecer pessoas, ou mesmo conhecendo uma nova pessoa em atividades sociais havia um grande risco em iniciar algo. Mas com a internet os pequenos passinhos, como por exemplo começar a conversar com desconhecidos que estão em lugares bem longe de sua casa, dão maior segurança para iniciar algo que pouco a pouco vai caminhando para algo muito maior que talvez nem seria imaginado no inicio.

A internet ajuda as pessoas descobrirem a traição mais rápida?

Imagina-se que é possível ser totalmente anônimo na internet, o que esconderia uma traição totalmente, mas pode não ser assim. A internet deixa rastros que podem ser identificados com um pouco mais de conhecimento da área. Mas essa sensação de anonimato oferce a  segurança de que nunca ser pego.

Quais são os motivos mais comuns, que leva uma pessoa a trair virtualmente?

São os mesmos que leva uma pessoa a trair não virtualmente. A diferença é que a interne oferece caminhos práticos que podem ser trilhados dentro de sua própria casa, no cômodo ao lado da pessoa que está sendo traída.
O que leva uma pessoa a traição pode ser uma infinidade de fatores, desde a insatisfação com o relacionamento atual como a pura falta de comprometimento com a pessoa com quem está e gosto pela aventura. Cada pessoa terá seu motivo, sua história de vida, seus valores.

 

*O material deste site é informativo, não substitui a terapia  ou psicoterapia  oferecida por um psicólogo
Marisa de Abreu Alves Psicóloga - CRP 06/29493-5

 

agende sua comsulta Escolha aqui seu Psicologo
Quanto custa a psicoterapia e informações gerais


Consulta com psicólogo - Agende aqui


*O material deste site é informativo, não substitui a terapia ou psicoterapia oferecida por um psicólogo.

Tratamentos

Agende uma Consulta

marcar_consulta

Cómo chegar

Unidade I: Rua Bela Cintra, 968, São Paulo ( Veja o mapa )

Unidade II: Rua Frei Caneca, 33, São Paulo ( Veja o mapa )

Fone central: (11) 3262-0621

Compartilhe!